Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
Logo_fm
  • smart_scope

    Smartphone Microscópio Detecta Nanopartículas e Vírus

    Pesquisadores desenvolveram um microscópio de fluorescência portátil empregando um Smartphone. O dispositivo gera imagens de fluorescência e pode detectar nanopartículas individuais e microestruturas biológicas, tais como vírus. Esse dispositivo compacto poderá um dia ser usado para realizar testes biomédicos em áreas remotas e de recursos limitados.

    Leia mais...

  • mobile-us

    O futuro da Medicina diagnóstica por Ultrassom chega aos Smartphones

    Empresa Norte-americana desenvolveu o primeiro scanner de ultrassom do mundo para Smartphones. O "MobiUS SP1 System" se conecta a smartphones ou tablets e fornece uma imagem instantânea na tela do dispositivo móvel. Seus idealizadores acreditam que o preço, a portabilidade e o pequeno tamanho do dispositivo poderão fornecer avanços na assistência médica em países em que a tecnologia não está amplamente disponível.

    Leia mais...

  • smart-dec

    Aplicativo transforma Smartphone em detector de radiação gama

    A popularidade dos smartphones continua crescendo com a disponibilidade de um número cada vez maior de aplicações. O aplicativo, “Radioactivity Counter”, foi concebido com a finalidade de medir a taxa de exposição de uma pessoa à radiação. Com esse dispositivo é possível detectar, com precisão, doses em microgray por hora (uGy/h). Os telefones celulares com câmera embutida são sensíveis não só à luz visível, mas também a fótons de radiação gama, de maior energia.

    Leia mais...

  • mobileoct-device

    Start-up médica israelense vence prêmio de Detecção de Câncer

    O primeiro prêmio no Projeto Inovação Wireless 2014 da Fundação Vodafone Americas foi para a start-up médica israelense MobileOCT. Ela fez isso usando a nova tecnologia biofotônica. A biofotônica – combinação de biologia e fotônica – usa câmeras e luz para detectar fótons. A MobileOCT desenvolveu uma tecnologia que permite às pessoas usar seus telefones celulares para detectar câncer cervical com a biofotônica.

    Leia mais...

  • Últimas Notícias

    Luz no coração pode substituir choques de desfibriladores e marca-passos

    "Quando usamos um desfibrilador, é como arrombar uma porta da qual não temos a chave. Ele aplica força demais sem nenhuma sutileza. Nós queremos controlar esse tratamento de uma forma mais inteligente," diz Natalia Trayanova, da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos.

    PALESTRA DA SEMANA

    Título: “A Medicina Nuclear no Contexto da Física Médica - Parte 2”

    Palestrante: Prof. Dr. Francisco Araujo

    Lotação: Supervisor de Radioproteção, Instituto Goiano de Radiologia - IGR

    Local: Centro de Aulas A (Aroeira), Sala 302, Campus II (Samambaia) da UFG

    Data: 18/06/2014 (Quarta-feira), Horário: 16:00 horas

    PALESTRA DA SEMANA

    Título: "Telehistologia Elastográfica por Ressonância Magnética"

    Palestrante: Prof. Dr. Sílvio Leão Vieira

    Lotação: Grupo de Biofísica e Física Aplicada à Medicina, Instituto de Física da UFG

    Local: Centro de Aulas A, Sala 302, Campus II (Samambaia) da UFG

    Data: 11/06/2014 (Quarta-feira), Horário: 16:00 horas

    PALESTRA DA SEMANA

    Título: "Fontes Ionizantes e Física Médica: Perspectivas para o Futuro"

    Palestrantes: Antônio Cares e Suzana Alves Bastos (Fiscais de Saúde Pública)

    Lotação: Setor de Fontes Ionizantes, Departamento de Vigilância Sanitária e Ambiental (VISAM)

    Local: Centro de Aulas A, Sala 302, Campus II (Samambaia) da UFG

    Data: 04/06/2014 (Quarta-feira), Horário: 16:00 horas

    Pornografia: 10 x Matéria Cinzenta: 0

    Pesquisadores do Instituto Max Planck para o Desenvolvimento Humano em Berlim, Alemanha, publicaram um estudo na revista científica JAMA Psychiatry, onde descrevem que pessoas que passam horas por semana vendo pornografia estão diretamente associadas a diferenças no volume de Substância cinzenta em uma região particular do cérebro.